Venda de empresas, descubra a melhor estratégia para fazer

“Eu vou vender o meu negócio”. Depois que um empreendedor toma a decisão de venda de empresas, a atitude mais prejudicial que ele pode adotar é pendurar a placa “À venda” e sentar; esperando o maior lance. Entre outras coisas, porque a melhor oferta pode não ser satisfatória para o proprietário da empresa.

Para impedir que isso aconteça, você deve pensar como vendedores de imóveis. Qual é o primeiro passo antes de colocar uma casa à venda? Torná-la o mais atraente possível, para que potenciais compradores se apaixonem por ela.

Alguns fazem reformas, outros simplesmente pintam e refinam a aparência um pouco. No final, esse esforço é recompensado com um preço de venda mais alto. O mesmo pode acontecer com as empresas, desde que algumas etapas básicas sejam seguidas.

Design da estratégia de vendas

Prepare uma organização extrema da empresa para deixá-la o mais atraente possível, ou seja, não deixe coisas pendentes como estão no momento.

Um esforço final deve ser feito para coletar pagamentos em atraso, para não interromper as negociações com o banco para possíveis créditos ou linhas de financiamento, etc. Se tudo isso estiver em andamento, será muito mais fácil para os possíveis compradores encontrar incentivos para fechar negócio.

Plano externo

Sejamos realistas, ao visitar um apartamento à venda, todos pensamos: “vamos ver se não é golpe”. O mesmo acontecerá com aqueles que estão interessados ​​em um negócio.

Portanto, além do plano de viabilidade interno, é aconselhável anexar uma auditoria externa. Isso também ajudará a destacar os pontos mais positivos dos negócios no documento de apresentação, em oposição aos negativos que levaram à decisão de venda.

Defina um preço justo

Destacar os pontos positivos não significa trapacear ou supervalorizar a empresa. Definir um preço excessivamente alto pode prolongar desnecessariamente o processo de venda de empresas, mas também não se trata de vender excessivamente barato.

Para encontrar a quantidade exata, basta ir ao mercado e estudar os preços que estão sendo definidos em transações semelhantes.

Delegue a venda, se necessário

Na maioria dos casos, o proprietário geralmente não é a pessoa ideal para liderar o processo de venda. Às vezes, porque sentimentos negativos assumem o controle e, mesmo que ele não queira, ele os transmite a potenciais compradores.

Em outros casos, porque as vendas simplesmente não são o seu forte. Nesses casos, é aconselhável deixar o relacionamento direto com os clientes nas mãos de um especialista. É claro que delegar esta tarefa não significa ignorar o processo.

O comprador nem sempre está certo

Você deve ter muito cuidado com as informações exigidas pelas possíveis partes interessadas na compra do negócio, pois elas podem ser infiltradas pela concorrência, ansiosa por descobrir seus segredos.

Ofereça opções de pagamento

Por fim, ser flexível na metodologia de pagamento é uma das melhores maneiras de se chegar a um acordo satisfatório, principalmente considerando o difícil acesso ao financiamento que há atualmente.

Adiar o pagamento por vários anos não é apenas um bom incentivo, mas também permite adiar os impostos da transação, mesmo que demore muito mais para concluir.

Leia mais artigos em nosso blog.

Tags:

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *